QUATRO ACIDENTES REGISTRADOS EM APENAS UM DIA

Quatro acidentes automobilísticos foram registrados em Machado, nesta terça-feira (10). Três deles se deram no perímetro urbano. O outro aconteceu na BR 267.

Conforme os levantamentos feitos pela reportagem da Gazeta, o primeiro sinistro foi registrado por volta das 8 horas, no cruzamento da Avenida Oscar de Paiva Westin com a Rua Zito Paiva, no bairro Jardim São Vicente, onde um pedestre acabou sendo atropelado pelo condutor de um Chevrolet Celta. Questionado pelos policiais militares sobre o que realmente tinha acontecido, o motorista do automóvel relatou que estava trafegando pela avenida sentido à Igreja de Santo Expedito, quando, ao virar à esquerda, atropelou um pedestre que atravessava a referida esquina.

Com a colisão, o rapaz foi arremessado ao chão e acabou sofrendo ferimentos leves no braço e perna direitos. Perante a situação, o proprietário do carro socorreu a vítima e propôs encaminhá-la ao Pronto Atendimento da Santa Casa. No entanto, o jovem se recusou a passar por atendimento médico, alegando estar bem de saúde, consciente e de ter sofrido apenas ferimentos leves, afirmando, inclusive, que iria trabalhar normalmente como ajudante de pedreiro. Os documentos do veículo e do condutor estavam devidamente regulares e ambos foram liberados.

O segundo acidente se deu por volta das 10h30, no Centro. Nesse caso, de acordo com os fatos informados pela PM, uma  Fiat Strada trafegava pela Rua Silviano Brandão e um Fiat Uno vinha pela Rua Coronel Jacinto, sentido à Câmara de Vereadores, quando, num cruzamento existente entre as referidas vias, se envolveram em um abalroamento. Na batida, o Uno atingiu a Strada e ambos tiveram danos razoáveis em suas partes frontais.

Depois de constatarem os prejuízos e registrarem o caso em Boletim de Ocorrência, os proprietários, que saíram ilesos do sinistro, não entraram em acordo sobre o conserto de ambos os veículos e ficaram de resolver a situação posteriormente. Como os automóveis e seus motoristas estavam com as documentações em dia, acabaram sendo liberados.

O terceiro acidente aconteceu por volta das 16 horas, no cruzamento das Ruas Santos Silva e XV de Novembro, também no Centro. De acordo com os relatos feitos à Polícia Militar, o condutor de uma Fiat Ducato transitava na mão preferencial, sentido à Vila Olímpica, quando um Fiat Pálio, que ia rumo ao Córrego Jacutinga, cruzou a via sem observar a placa “Pare” existente no local e provocou a colisão, que resultou apenas em pequenos danos nos automóveis.

Neste caso, assim como os outros, os veículos e proprietários estavam com as documentações regularizadas e foram liberados. Um acordo preliminar foi feito entre os envolvidos, no qual concordaram em orçar os danos dos respectivos automóveis e, assim, dividir as despesas em partes iguais.

O último sinistro, ocorrido na BR 267, no início da noite, foi o mais grave. Nele, um Fiat Uno, que transitava sentido a Serrania, colidiu frontalmente contra um caminhão, que vinha na mão contrária. Com a batida, o motorista do carro ficou preso às ferragens e sofreu diversas fraturas nos braços e pernas, sendo algumas expostas.

O trânsito ficou parado por um bom tempo, graças a uma interdição feita por guarnições da Polícia Militar de Machado e de Poços de Caldas, mas acabou sendo liberado após a Polícia Rodoviária comparecer e encaminhar a vítima ao Pronto Socorro da Santa Casa.

Fotos feitas por internautas e compartilhadas nas redes sociais sobre o acidente ocorrido na BR 267