ASSALTANTES TENTAM ROUBAR CARRO E ACABAM PRESOS

Assaltantes de deram mal, na tarde deste domingo (8), ao tentar roubar um automóvel na Avenida Santa Cruz. Dois dos três indivíduos que compunham o bando acabaram sendo detidos.

Conforme os dados obtidos pela reportagem da Gazeta, durante o atendimento a um chamado feito por pessoas que estavam no Pronto Socorro da Santa Casa, a Polícia Militar recebeu a informação de que estaria ocorrendo um roubo a veículo no referido logradouro e que os três autores agrediam a vítima para conseguir consumar o crime.

De imediato, a Guarnição se deslocou ao lugar citado e encontrou uma mulher apavorada. Em conversa com a vítima, a mesma relatou que estava em frente a uma autoescola, em seu Volkswagen Fox, esperando a saída de sua mãe de uma igreja, quando foi surpreendida por três indivíduos, que chegaram anunciando o assalto e pedindo a chave do veículo.

Ainda de acordo com a vítima, os meliantes apontaram um revólver para sua cabeça e tentaram tirar a chave do contato, momentos em que ela desembarcou do carro e entrou em luta corporal com os ladrões, sendo agredida com várias coronhadas na nuca e uma mordida na mão direita, a qual segurava a chave do veículo.

Devido à truculência dos meliantes, a vítima passou a gritar por socorro. Com isso, eles se assustaram e evadiram a pé pela rua Marechal Floriano Peixoto, onde entraram em Volkswagen Fusca, placas GPE – 1641, cor branca, que estava parado, com o motor ligado, esperando os autores para dar apoio à fuga.

Depois de coletar os dados, a equipe PM saiu em rastreamento e visualizou o carro. Então, foi feito um acompanhamento visual. O veículo tinha ido sentido à Rua Coronel Azarias e, posteriormente, seguiu para a estrada vicinal do bairro Caixetas. Lá, o automóvel adentrou uma propriedade particular, estourou uma cerca e colidiu contra uma árvore.

Após a batida, os autores desembarcaram do Fusca e um dos ocupantes efetuou vários disparos contra a viatura, que, para repelir a injusta agressão, revidou o ataque.

Com o cessar fogo, os policiais notaram que um dos suspeitos, Mateus Pereira dos Santos, não conseguiu sair do veículo e foram em seu encalço.

Ao tentar abordar o meliante, a Guarnição encontrou dificuldades e teve que utilizar técnicas de imobilização para tirar o rapaz do automóvel.

Em seguida, os militares efetuaram uma busca no interior do Fusca e encontram um revólver, cor prata, calibre .32, sem numeração.

Pouco tempo mais tarde, a equipe PM recebeu um comunicado da Sala de Operações, no qual era relatado que um dos autores tinha saído de um matagal, todo sujo de barro e sem camisa.

Uma viatura de dirigiu até o local e obteve sucesso em encontrar o menor infrator.

Os dois suspeitos foram detidos em flagrante e encaminhados à Delegacia Regional de Alfenas. O carro que eles utilizavam acabou sendo apreendido e rebocado ao pátio credenciado.