ACIDENTE FATAL NA MGC 267

Um homem de 41 anos faleceu, no início da noite desta quinta-feira (10), na rodovia MGC 267, que liga a MG 179 ao município de Carvalhópolis. Ricardo Borges Morais era professor, morava e lecionava em Machado. Ele ficou preso às ferragens e foi socorrido pelo SAMU (Serviço de Atendmento Móvel e Urgência), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Segundo as primeiras informações colhidas pela reportagem da Gazeta, Ricardo estava indo sentido a Carvalhópolis, quando foi surpreendido por um caminhão Mercedes Benz, que vinha na direção contrária e colheu sua Volkswagen Saveiro de frente.

Com a colisão, o professor ficou preso às ferragens e teve que ser socorrido até a Santa Casa. Porém, devido à gravidade dos ferimentos, ele não resistiu e faleceu.

Ainda conforme dados obtidos pela reportagem da Gazeta, a Polícia Militar de Machado foi acionada e compareceu ao local para efetuar os procedimentos de praxe. Posteriormente, a Guarnição solicitou a presença da Polícia Rodoviária, que chegou ao acidente e abordou o condutor do caminhão. Ele aparentava estar embriagado e foi submetido ao teste do bafômetro.

No primeiro exame feito foi registrado o índice de 1.08. Com isso, o caminhoneiro acabou sendo cientificado de seus direitos e recebeu voz de prisão por estar dirigindo embriagado.

O corpo da vítima, até o presente momento, permanece na Santa Casa, de onde será liberado para a família fazer o sepultamento.

Ricardo deixa a esposa Lídia e um filho.