VEÍCULO ROUBADO EM ALFENAS É RECUPERADO GRAÇAS A EMPRESA MACHADENSE

A empresa machadense Orbital Rastreamento Veicular foi fundamental para a recuperação de um Jeep Troller, com placas de Belo Horizonte, furtado em Alfenas, na madrugada do último dia 13 (sábado).
Graças ao sistema de monitoramento implantado no veículo, o proprietário, após perceber o fato,  entrou em contato com a Orbital, onde é cliente, e solicitou o bloqueio do mesmo e sua localização. Rapidamente, a equipe da empresa de rastreamento fez a retenção e comunicou o delito à Polícia Militar daquela cidade, conduzindo-a remotamente, através das coordenadas, até o local onde se encontrava o automóvel roubado.
Toda a ação da Orbital durou poucos minutos e surpreendeu o dono do carro e as autoridades pela eficiência proporcionada.

POLICIA CIVIL MACHADENSE RECUPERA CAFÉ ROUBADO EM TRÊS PONTAS

Uma ação rápida e eficaz da Policia Civil resultou na recuperação de uma carga de café roubada na região de Três Pontas na última semana. Mil sacas acabaram apreendidas, receptadores identificados e informações sobre possíveis membros de uma quadrilha foram levantadas.
O crime aconteceu no dia 10 (quarta-feira). Um Mercedes Benz L 1513, com placas de Boa Esperança, seguia pela rodovia MG 167, rumo a Varginha, quando na altura do quilômetro 18 foi abordado por três homens, que estavam em um Ford Fiesta, tipo Sedan, de cor preta.
O motorista ficou em poder de um dos meliantes enquanto os outros sumiam com as 15 toneladas de grãos que ele transportava. O utilitário foi abandonado na região do bairro Limeira, em Machado, e após ser acionada pela Policia Rodoviária de Varginha, a Policia Militar foi ao local e o removeu ao pátio credenciado.
Assim que tiveram contato com as informações contidas no Boletim de Ocorrência da recuperação do caminhão, o setor de crimes contra o patrimônio da Delegacia de Machado não perdeu tempo e começou imediatamente a investigar o caso, e através dos levantamentos chegou a um galpão de compra e venda de café em Elói Mendes. Na manhã de sexta-feira (12), a equipe chefiada pelo delegado Juliano Lago fez uma “visita” ao local, com mandado de busca e apreensão em mãos. Um advogado e um funcionário da empresa tentaram atrapalhar a investigação, danificando câmeras de segurança que poderiam ter gravado a descarga do produto subtraído, e acabaram detidos. O dono do lugar não foi localizado.
Dentro do galpão, haviam 750 sacas, que provavelmente eram parte da carga roubada. Tudo foi apreendido. Outras 250, que haviam sido levadas para Alfenas, também foram recuperadas.
Desta forma, a eficiente ação dos policiais machadenses acabou com a festa pelo menos dos receptadores, mas a investigação para descobrir a autoria do roubo ainda continua, a cargo da Policia Civil de Três Pontas.
Detalhes de como foi este belo trabalho você terá em nossa próxima edição da Gazeta Machadense.